31.12.07

Das antigas e novas coisas.

-!
- Oh meu Deus!!
-É você?
- Quanto tempo?!
- Ahaha. Muito tempo.
- Muito tempo.
- E então? Como vai você?
- Eu vou bem.
- Vejo que não perdeu as velhas respostas curtas.
- Vejo que não perdeu a mania de perguntar.
- É, as coisas não mudaram muito.
- Que nada, e aí que você se engana.
- Ah, é? Então você já pode me responder a primeira de todas as perguntas?
- Aquela:" quem é você"? Já. Sei perfeitamente quem eu sou.
- E agora é a hora em que você vai me contar?
-Não, você também sabe. Você sabe também que não se diz quem se é. Se deixar saber.
-Esse foi um bom ano, não foi?
- Foi sim.
-E você está satisfeita?
-Agradecida, eu diria. Satisfeita, não.
-E por que não?
-Porque há mais.
-De?
-Graça.
-Hum.
-Ainda quero me tornar uma pessoa grande.
-E por isso você precisa se tornar menor.
-Exatamente.
- Eu vou estar lá pra ver isso.
-Eu também. ^^
-Foi muito bom revê-la.
-Eu que o diga. Obrigada, viu?
-Feliz ano novo!
-Feliz!!!





"Adeeeeeus ano veeeelho, feliiiiiz ano noooovo..."

5 comentários:

ime2011 disse...

=OOO
Quanto tempooo!!
isso tava com teia de aranha, dona!
Divirta-se com esse relicárioo!

Igor Chacon disse...

.ela rascunha tão bem!
.imagine o que ela passa a limpo!

Nadine disse...

Ela rascunha tão bem!
imagine o que ela passa a limpo!(2)

Uma pessoa Angélica disse...

Eu apareci! o pobre do meu blog reviveu!

Ei! Que conversa feliz! Estarei lá tb, viu?

Lua disse...

Ano novo, vida nova, é o que eu sempre digo. :)